Weslley avança em Sunset

Weslley Dantas vence na estreia e é o único brasileiro vivo no QS 3.000 que acontece nas ondas de Sunset, no Havaí.

0
Weslley Dantas é o Brasil no QS 3.000 de Sunset. Foto arquivo:

Weslley Dantas é o Brasil no Vans Pro, etapa do QS de nível 3.000 que acontece em Sunset, no lado norte da ilha havaiana de Oahu. Como no primeiro dia, o pico bombou e algumas notas excelentes foram conquistadas.

A terça-feira teve as últimas cinco baterias da segunda fase e 14 das 16 do round 3. Weslley, que foi premiado como o “surfista revelação” da Tríplice Coroa Havaiana de 2018, estreou no terceiro confronto da terceira fase e venceu, com direito a uma nota 7.67. O brasileiro avançou com o norte-americano Patrick Gudauskas (2º) e eliminou o sul-africano Adin Masencamp (3º) e o australiano Kyuss King (4º).

O dia também teve as participações de Wiggolly Dantas e de João Chianca. O primeiro não achou as ondas no outside de Sunset e perdeu, e o segundo também teve dificuldades ao longo da bateria e foi eliminado pelo sul-africano McGillivray, autor da nota 9.33, e pelo havaiano Billy Kemper, que avançou em segundo lugar.

Destaques – Além de McGillivray, os outros destaques do segundo dia do Vans Pro foram os havaianos Evan Valiere, que arrancou 9.57 dos juízes, Sebastian Zietz, autor de uma nota 9.00 com um tubo, e Benji Brand, que na segunda-feira marcou uma nota 10 e que nesta terça anotou 8.87 e 7.50, conquistando a maior média do dia (16.37).

Próxima chamada – A próxima chamada para o Vans Pro acontece nesta quarta-feira, às 15:00 (horário de Brasília).

Ondas bombam em Sunset para o segundo dia de evento.