WSL desembarca em Taiwan

WSL decide os campeões mundiais Pro Junior e de longboard, além de promover QS 3.000 no point break de Jinzun Harbour, Taiwan.

0
Point break de Jinzun Harbour recebe maratona de eventos da WSL em novembro e dezembro.

Entre os dias 23 de novembro e 7 de dezembro, a WSL promove três importantes eventos nas ondas do point break de Jinzun Harbour, Taiwan.

O Taiwan Open of Surfing vai definir os campeões mundiais Pro Junior (sub 18) e de longboard e também receberá uma prova do QS 3.000 masculino.

Pelo mundial dos pranchões, este será o terceiro ano consecutivo que o local coroa os vencedores da temporada. A disputa acontece entre os dias 1 e 7 de dezembro.

A brasileira Chloé Calmon e o norte-americano Justin Quintal chegam à etapa final como líderes do ranking depois de três eventos realizados em 2019 (Noosa, Galícia e Nova Iorque).

O diferencial do evento em Taiwan será a pontuação reforçada. Ao invés de 6.000 pontos, o campeão receberá 10.000 pontos. O ranking que vai definir os campeões mundiais computa o resultado em Taiwan e os outros dois melhores nas três etapas de pontuação 6.000 da temporada.

Já pelo mundial Pro Junior, este será o segundo ano consecutivo que o campeão será conhecido em um evento único. O campeonato em Jinzun Harbour ocorre entre os dias 26 de novembro e 1 de dezembro.

O brasileiro Mateus Herdy é o atual campeão mundial. No feminino, a campeã de 2018 foi a californiana Kirra Pinkerton.

A novidade da temporada em Taiwan fica por conta do QS 3.000 masculino. A competição acontece de 23 a 26 de novembro e distribui importantes pontos no ranking de acesso à elite mundial.